Alan Sanches se indigna com pedido de Vilas-Boas: “Secretário nenhum pode decidir quem vive ou quem morre”

1
265
Foto: divulgação
O deputado estadual Alan Sanches (DEM) indignou-se ao ler o Twitter do secretário estadual de Saúde,  Fábio Vilas-Boas, na última segunda-feira (20), em que nesse período de pandemia, ao invés de fazer seu papel de forma técnica, preferiu tratar de política e incitar o cidadão a abrir mão de um leito de UTI e ventilador mecânico, direito adquirido por lei para qualquer cidadão.
“Em meio  à fase mais crítica da pandemia na BA, será que essas pessoas que pregam o relaxamento do distanciamento social aceitam assinar um termo um termo renunciando o acesso a leitos de UTI e ventilação mecânica para si, para seus pais e seus filhos???”, publicou Fábio Vilas-Boas em suas redes sociais.
Contudo, para Alan Sanches, não cabe a um secretário, em nenhum lugar do mundo, decidir quem vive ou quem morre, estimulando que se pensem igual a ele como ele pregou”, disparou.
Por fim, o deputado assegurou que nenhum médico, que tenha feito o juramento, ainda que se tenha um termo em mãos, não deixará nenhuma paciente morrer. “Portanto, acho que o secretário precisa repensar seus valores”, cobrou Alan Sanches, que é médico por formação.

 

Por Muita Informação

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here